Notícias » Câncer e estilo de vida

Notícias

Câncer e estilo de vida

A vida anda muito corrida, é verdade. Em tempos de crise então, não me fale em qualidade de vida. Contas para pagar, ocupações extras para salvar o orçamento, os problemas em casa que não dão trégua… Talvez aquela dor abdominal chata que volta e meia está aparecendo seja consequência do salgado servido na lanchonete da empresa, junto com a prisão de ventre que piorou esses tempos. Ah, teria um completo luxo simplesmente parar a rotina e procurar consulta médica só para isso, não é? Afinal não consigo nem pensar muito sobre o assunto, desde que estendi o turno do trabalho e chego em casa mais tarde… Até que o corpo cobrou seu preço:… aquele sangramento… De onde apareceu? Foi tão grande que nem houve lembrança do desmaio, ida para a emergência, internação, exames… Agora não sai da cabeça o diagnóstico: cancer de intestino… Como? Se eu não estava sentindo nada?

A representação acima é fictícia, mas representa uma realidade familiar a nós hoje. O cancer de intestine, tecnicamente denominado cancer colo-retal, é uma doença ligada intrinsecamente ao estilo de vida. Sua incidência se destaca nos paises ditos industrializados, não sendo isso uma coincidencia. Baixo consumo de fibras, incluindo aquelas presentes em verduras, dieta rica em enlatados, conservantes, carne vermelha (o papelao nao tem nenhuma contribuicao nisso), aceleram a carcinogênese esporádica, a inflamação cronica, silenciosa, que pode gerar um tumor, nao tendo por isso, na maioria das vezes, nada a ver com influencia familiar no aparecimento das neoplasias (ah, na minha familia nunca teve isso – constitui comumente um falso julgamento).

Além do tabagismo, alcoolismo, doença intestinal inflamatória crônica, outro aliado para essa doenca é o sedentarismo. A vitalidade da musculature abdominal, os exercicios aerobicos, sao a forca motriz para o correto peristaltismo, os movimentos intestinais que evitam a prisao de ventre e promovem a limpeza periódica de tantos agressores que consumimos. Combater o sedentarismo ainda contribui na manutencao de um peso correto, que nos livra da influencia de todos desencadeadores endocrinos ligados ao cancer. Lembre-se disso quando estiver deixando aquela caminhada para depois…
Nos conscientizar sobre o cancer colo-retal, lembrar que existe um mês – março – para falarmos sobre sintomas e fatores desencadeantes, nao significa disseminar um exercito de hipocondriacos, temerosos a toda e qualquer infeccao intestinal de final de semana. Significa sim soar um alerta todos nós: nos exigir tanto atendendo a uma modernidade que exige tanto de nós, pode cobrar do nosso corpo um preco alto demais a pagar.

Atenciosamente,

Brena Ferreira

Notícias

a oncológica - tratamentos

Agende a consulta

Em breve retornaremos para você!