guia do paciente

guia do
paciente

Aos nossos pacientes,

Sabemos que a ansiedade quanto à cirurgia que será realizada é natural e esperada. Por vezes o tempo passado entre os sintomas, realização de exames e a indicação operatória é prolongado e contribui para a tensão. Dessa forma, o mais importante nessa etapa é estarmos livres de dúvidas, planejando tudo anteriormente.

Pensando na segurança de quem que vai se submeter a um procedimento cirúrgico planejado, reunimos orientações importantes e dicas para ajudá-lo nesse período.

Equipe ONCOLÓGICA

Antes da cirurgia

Documentos Importantes – prepare uma pasta com todos os seus exames realizados na fase do diagnóstico.

Ao dia da cirurgia

O paciente será encaminhado ao centro cirúrgico antes do horário do procedimento agendado. É importante que os termos de consentimento para a realização da cirurgia e da anestesia estejam devidamente preenchidos e assinados.

Etapas da Cirurgia

Os pacientes que passam por cirurgia com nossa equipe, recebem atendimento em três etapas:

1. Indução anestésica - Nesta etapa, conduzida pelo médico anestesiologista e pela equipe de enfermagem, o paciente é monitorado para controle de suas funções vitais (frequência cardíaca, pressão arterial, oxigenação sanguínea e nível de anestesia). Essa equipe estará ao lado do paciente durante todo o procedimento.

2. Período intraoperatório - A cirurgia propriamente dita, começa no momento em que o cirurgião inicia a incisão (corte na pele) e vai até o seu fechamento. Da sala de cirurgia, o paciente poderá ser encaminhado para a Recuperação Anestésica, para o quarto, ou para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), de acordo com a extensão ou complexidade de sua cirurgia.

3. Recuperação Anestésica - O paciente permanecerá sob observação e cuidados constantes da equipe de enfermagem e do médico anestesiologista, até a plena recuperação da consciência e da estabilidade clínica. O período de permanência nesse setor pode variar.

Orientações aos acompanhantes

Contatos – deixe sempre um telefone para a equipe de assistência entrar em contato.

Encaminhamento pós cirúrgico – Ao término da cirurgia, a equipe de enfermagem entrará em contato para informá-lo do encaminhamento de destino do paciente.

Informações dos médicos – ocasionalmente, após término do procedimento, o cirurgião pode solicitar a presença dos familiares ou acompanhantes na sal de espera junto ao centro cirúrgico, para informa-los da cirurgia e orientá-los quanto ao pós operatório.

Recomendações pós-Operatórias

Posição no leito – a dor não pode servir de impedimento: tente se movimentar no leito de acordo com a recomendação médica. A movimentação fora do leito lhe ajudará a se recuperar mais rápido, além de prevenir complicações.

Em caso de dor – É normal que você sinta dores no pós operatório. Medicamentos o ajudarão a tolerar melhor estas dores. Provavelmente, será doloroso tossir se a sua cirurgia tiver sido feita no abdome. Segure um travesseiro com firmeza sobre o abdome para aliviar a dor nesta situação. Peça orientações a enfermeira e ao médico sempre que tiver dúvidas.

Curativo – mantenha o curativo da ferida cirúrgica limpo e seco, seguindo a recomendação do seu médico.

Sintomas de infecção – comunique o cirurgião caso apresente qualquer sinal de infecção, como febre, dor excessiva no local operado, vermelhidão, calor local ou secreção.

Retirada de pontos – caso sua cirurgia tenha tido pontos, por volta de 10 dias do pós operatório os mesmos devem ser retirados, ou quando determinado pelo seu médico.

Consulta de retorno – o acompanhamento após a cirurgia também é etapa fundamental do tratamento. Portanto ao sair do hospital não deixe de combinar dia, local e horário do primeiro retorno.

a oncológica - tratamentos

Agende a consulta

Em breve retornaremos para você!